quinta-feira, 7 de julho de 2011

GALERA DO ESPORTE DA CONTINENTAL,SE LIGA!


Até você! “Senhor narrador esportivo”. No programa esportivo da continental Sérgio Tinoco comentava sobre virada sensacional da seleção Brasileira de Vôlei, contra Cuba, disse Sérgio “à seleção virou o jogo” e definiu no preibeck “não escrevi errado, ele falou (preibeck) mesmo, logo foi corrigido e mal corrigido por Evaldo Queirós que soltou essa “caro Sérgio, preibeck quem conhece é Canjiquinha,Paulão aquele aparelho que tocava musica antigamente”.

  Vamos lá: Sérgio quis dizer que a seleção ganhou no tie-brake (No vôlei, o tie-brake ocorre quando uma partida fica empatada em 2 sets a 2. O tie-brake é um set desempate no vôlei ou ténis).
 Já Evaldo Queirós queria dizer pleyback (interpretação em que o cantor ou o ator sincronizam os seus movimentos com sons pré-gravados; Do inglês playback);
  No fim a emenda saiu pior que o soneto, Evaldo.

13 comentários:

  1. Solicito a retirada imediata da foto que acompanha a nota."Causos" esportivos fazem parte do meio, mas todos que trabalham na imprensa sabem as dificuldades enfrentadas, principalmente com narrações ao vivo. Penso que a foto denegriu a imagem destes radialistas esportivos.
    Atenciosamente,
    Denise Tinoco

    ResponderExcluir
  2. Pedido feito,pedido atendido,
    A imagem em momento algum foi postado pra denegrir ninguém,As dificuldades eu também enfrento,estou fora do radio por não me submeter a patrões que só querem explorar a classe,pago um preço,agora se você não gostou,eu acato,afinal jé basta jornalista querem nos censurar,um abraço do João,e fica conosco,sua opinião e muito importante para nós.

    ResponderExcluir
  3. não gostei de ver o narrador Sergio Tinoco ser chamado de burro na internet. Problemas existem. São fatos engraçados do rádio mas orelha dde burro nao!

    ResponderExcluir
  4. Sergio Tinoco radialista de primeira do Rádio campista.

    ResponderExcluir
  5. Trabalhar em Rádio AM não é fácil e requer muita concentração e as vezes deixamos a desejar...São "ossos do Ofício"!
    Sérgio Tinoco é um dos maiores narradores esportivos do Brasil!
    Sérgio foi professor da vida de muitos que aí estão brilhando Brasil a fora!
    Ele é "O Cara"!

    ResponderExcluir
  6. Sem Comentários.....família Grande pô !!!!
    Existe Anônimo Tinoco ???????? Rsrsrsrrsrsrrs

    ResponderExcluir
  7. geraldo lopes raphael8 de julho de 2011 12:28

    Olha, eu sou fã do Sérgio Tinoco. Na minha modesta opinião, eu o coloco no mesmo time onde jogaram Valdir Amaral, Jorge Cury, Doalcei Camargo, Penido, Josélio e outros profissionais top de linha. Me recordo na copa do mundo na França onde a direção da rádio o colocava para narrar jogos de países onde os jogadores tinham nomes difíceis de se pronunciar tais como, Dinamarca, Polônia, Noruega e outros anglo-saxonicos. Deu um show. Daí, um deslize poderia ser sim relevado. abs.

    ResponderExcluir
  8. Sérgio Tinoco é um narrador esportivo de muito respeito. Possui em seu histórico 21 narrações de jogos da copa do mundo fora do Brasil. É ou não é internacional? Pense bem antes de criticar os outros. Principalmente seus colegas de profissão que evidentemente tem mais talento que você.

    ResponderExcluir
  9. Ouvi Na Difusora, Cultura, Na Record e agora na Continental

    Alô Galera!

    Vinheta: Sérgio da Mata Tinoco

    Melhor narrador esportivo da região!

    ResponderExcluir
  10. Galera! o Sergio Tinoco vai ficar radiante,acho que nem ele sabia que era tão querido.
    Mas que errou errou.

    ResponderExcluir
  11. João meu camarada,você nem precisou esperar a censura do carlinos Cunha,os defensores do Sergio já o censuraram você .KKK...

    ResponderExcluir
  12. Nessa equipe só salva o Sergio e Arnaldo Garcia,Walace e Amaro já deram no pé,mas não refresca não João eles gozam todo mundo mas não gostan de ser gozados hahahaha...

    ResponderExcluir
  13. Na minha opinião o Sérgio Tinoco é um grande narrador. Não fosse a arrogância de pensar que sabe tudo e seria melhor ainda. Uma pena! Um pouco de humildade faria muito bem. Alguns profissionais perderam espaço por falta dela: Josélio Rocha é um exemplo. Quando o profissional é bom, a arrogância, apesar de deplorável, pode ser admitida, mas quando trata-se de uma porcaria ...
    Ontem, o Marcos Schumacher tentou ler uma notícia durante o programa da Difusora e sofreu demais, só não sofreu mais que os ouvintes, com tantos erros de pronúncia e as dificuldades do "repórter das celebridades" com as vírgulas, pontos etc. É lamentável que tenham acabado com o Mobral. Pensando bem, esse cara não teria vaga... Para ele, o Sobral (sobra do Mobral) ficaria de bom tamanho.
    Cabe um reflexão: Como é que um cidadão deste tem espaço no rádio?

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.