sábado, 10 de setembro de 2011

" CHUTANDO CACHORRO MORTO" ( OU QUASE MORTO)

A radio Campos difusora que tem como proprietario o ex prefeito de São Francisco do Itabapoana Barbosa lemos, insiste em ocultar o verdadeiro motivo da cassação témporaria do prefeito e de seu filho vice  prefeito pela Justiça eleitoral. Usando o dublê de reporte e fabricante de "remédio" Fernando Augusto, mente quando fala que a cassação do prefeito foi pelo nepotismo, mentira! foi por irregularidade cometida na campanha que teve como padrinho o ex- prefeito Barbosa lemos (ou estou mentindo) tanto que, provavelmente vai assumir o presidente da cãmara, no programa de radio uma dupla de " puxa-saco" passou informação distorcida para tão sofrida população de São Francisco, uma verdadeira falta de ética na comunicação( a difusora tém ética?)
 vamos aguardar porque,o afastamento de um administrador não traz beneficio nenhum a comunidade, pelo contrario, só atrapalha, por pior que seja o governante.São Francisco precisa de "sangue novo" não de usurpador da humildade do seu povo.

6 comentários:

  1. João (se este seu nome), qual é o seu papel? Primeiro, vc não assume identidade;
    segundo, usa rede blog para atacar, defenestrar imagem alheia, mas, principalmente, do barbosa lemos.
    Faça uma coisa, se identifique mostrando sua cara, para aí sim, ser merecedor de confiança.
    Vc com atitudes identicas a de quem perdeu a chupetinha da PMCG tá caindo no descrédito.
    Venha to louco para te conhecer.

    ResponderExcluir
  2. geraldo Lopes Raphael11 de setembro de 2011 00:52

    Apesar de não ser fã do Barbosa Lemos, (gosto muito dos filhos dele, o frederico e o charles) uma coisa ninguém pode negar: Se alguém algum dia fez alguma coisa por São Francisco do Itabapoana, (antes de Paula) este foi o Barbosa Lemos, sobretudo no tocante ao turismo. De lá pra cá, as praias de Santa Clara e Guaxindiba simplesmente foram abandonadas pelo seu Pedro e pelo Beto. No tempo do Barbosa, Santa Clara botava Grussai, atafona e farol "no bolso". A minerada lotava as praias. O comércio faturava, muitas casas (hoje abandonadas) foram construidas no governo dele. Eu tenho uma casa lá, e vou te dizer uma coisa; é triste, muito triste. E olha que não existiam shows como hoje hem!

    ResponderExcluir
  3. joão o colega anônimo ai,esta queremdo saber quem é você.Como ele quer saber se ele também não coloca seu nome,eu mesmo jão vi você elogiar o Barbosa Lemos,não foi ó uma vez.teve até gente chamando você de puxa-saco,agora que le vacila de vez enquando vacila um abaraço joão não vai na onda de um anônimo não, os blos são uma forma de falar oque os radios e jornais não falam.

    ResponderExcluir
  4. João sou leitor do seu blog, o cara que fala que você perdeu a chupetinha na PMCG, não o conhece como eu também não, se eu conhecer você perde a graça de ler seu blog,agora o camarada que falou que você já elogiou Barbosa aqui esta certo, eu mesmo falei que você estava puxando pra Barbosa e quanto você estava levando dele, então pra mim você não esta puxando só para um lado. continue assim você não ofendeu ninguém em momento algum Ah! gostei dos vídeos do padre Léo.

    ResponderExcluir
  5. João esses caras são uns covardes, primeiro queriam colocar os blogs na justiça,depois pediram desculpa agora fica ameaçando você.
    Se você não que ser identificar, você deve ter motivos fortes pra isso, afinal o blogueiro que fala a verdade funciona como um "disque denuncia" ou não, imagina se você fosse funcionaria da radio e você fosse reclamar dos atos do patrão automaticamente você seria demitido,concorda, então João continue assim, não de bola pra puxa-sacos que só querem que falem bem deles, não gostam de ouvir a verdade. um abraço.

    ResponderExcluir
  6. Continua na tua João.......você está certo. A INVEJA É UMA MERDAAAAAAAAAAAAA.
    Aproveitando o lance : ouvido na Continental 21:15 Sábado: a sua bença putz...... bença ????? benção seu analfa....até no RÁDIO essas malas falam errado.....Parei.

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.