quinta-feira, 13 de outubro de 2011

DEPUTADO ESTADUAL ÁTILA NUNES REPREENDE CLARISSA GAROTINHO E ROBERTO HENRIQUES NO PLENÁRIO DA ALERJ

DEPUTADO ESTADUAL ÀTILA NUNES

 A senhora disse que eu perdi a eleição para Vereador. Perdi sim, mas seu pai também perdeu, fez menos votos do que eu. Disse Roberto Henrique em resposta as criticas da Clarissa.
Mas, o principal veio depois, o deputado decano da ALERJ Àtila Nunes de um puxão de orelha nos dois deputados Clarissa e Roberto disse Átila” Eu estava ouvindo esse debate da Deputada Clarissa Garotinho, do Deputado Roberto Henriques, e me recordei, Deputada Clarissa Garotinho, V.Exa. não tinha nem nascido ainda, talvez os Deputados mais antigos, os funcionários, mas tínhamos aqui muitos Deputados de Campos: Alberto Dauaire, Amadeu Chácar, Paulo Albernaz.

  O Garotinho foi rápido, logo depois foi eleito Prefeito de Campos. E tantos e tantos outros Deputados. Estou me reportando a 1975, Deputada, sem querer me imiscuir, evidentemente, na política de Campos, até porque não tenho nem voto nem nenhum envolvimento com Campos, mas em 1975 o Governo era Chagas Freitas e os Deputados de Campos tinham conflitos aqui extraordinários. Era algo inacreditável. Continuou o deputado a repreender nossos novatos “Completo, este ano, 41 anos nesta Casa assistindo aos mesmos conflitos de Campos. É impressionante, não os critico por isso. Campos deve ter uma política extraordinária, porque não vejo isso em Caxias, não vejo em Belford Roxo; não vejo em Japeri; não vejo em Meriti; não vejo em Magé; não vejo nem em Petrópolis, nem em Teresópolis; não vejo em lugar algum, mas Campos é um campo de batalha. Ou seriam ‘Campos’ de batalha. Nem lá na terra da Inês Pandeló que cada dia se torna uma Deputada mais bonita, mais magrinha, não sei por que razão, mais linda e elegante, tem também essa briga. É impressionante

  Àtila Nunes deu uma lição aos dois brigões, e deixou claro que à Assembléia Legislativa do Rio de Janeiro teve nos deputados Amadeu Chacar, Paulo Albernaz e Alberto Dauiare os melhores representantes de Campos que por - lá passaram.
DISCURSO DE ÁTILA NUNES NA INTEGRA


5 comentários:

  1. Que cantada foi essa de Átila kkkkk, conseguiu encaixar uma cantada na deputada Inês Pandeló num discurso em repreendia os deputados de campos shauhsauhsa.

    ResponderExcluir
  2. Marcos é verdade eu também comentei isso com um colaborador do blog, kkk..

    ResponderExcluir
  3. ÁTILA NUNES,MACUMBEIRO VELHO,TAMBÉM NÃO MUITO AACRESCENTAR NACADEIRAQUE OCUPA NAASSEMBLÉIA DO RIO,TA LÁTAMBÉM SÓ ENCHENDO LINGUIÇA,UM VELHO CADUCO QUE JÁ DEVERIA DÁ A VAGA PRA OUTRO,COM NOVAS IDÉIAS E VONTADEDE TRABALHAR,E ELE VOLTAR PRASEU CONGAR E TOCAR ASUA MACUMBA.

    ResponderExcluir
    Respostas
    1. MARIA THEREZA CAMARGO19 de julho de 2012 16:11

      MAIS RESPEITO. QUEM TEM VOTOS HA 11 MANDATOS MERECE RESPEITO. DISCORDAR É LEGÍTIMO, MAS DESTRUIR NÃO. PORQUE NÃO ASSINA SEU NOME? DIGA QUEM É E ASSUMA O QUE DIZ. RESPEITO É BOM E TODOS GOSTAM.
      MARIA THEREZA

      Excluir
  4. CLARISSA OU PATRICINHA COM PREFERIR , FOI CRIADA EM BERÇO DE OURO E QUER APARECER , NAS CUSTAS DE ROBERTO HENRIQUES . ÁTILA NUNES PARABÉNS !!!

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.