sexta-feira, 25 de novembro de 2011

Ziraldo é condenado a dois anos de prisão

Ziraldo é condenado a dois anos de prisão
A Justiça Federal do Paraná condenou o cartunista Ziraldo Alves Pinto a dois anos, dois meses e 20 dias de prisão pelo registro indevido da marca do Festival Internacional do Humor de Foz do Iguaçu, realizado em 2003. Ziraldo foi enquadrado no crime de estelionato. Através de seu advogado, Gustavo Teixeira, o cartunista negou o crime.


Segundo Teixeira, Ziraldo, que também é seu tio, ficou "extremamente revoltado" com a sentença proferida pelo juiz federal Mateus de Freitas Cavalcanti Costa. "Foi uma sentença que o acusou de um crime que ele não cometeu, que não aponta qual é o prejuízo, de uma marca que ele nunca utilizou e, no final das contas o condenou a uma pena que não é aplicável, está prescrita", diz.
O crime de estelionato prescreve após 5 anos - que é o tempo máximo para a pena. Mas, independente de haver ou não prescrição, o advogado de Ziraldo afirmou que vai recorrer da condenação. "Para o Ziraldo, não significa nada isso (se prescreveu ou não)."
Em 2003, Ziraldo participou do Festival Internacional de Humor Gráfico de Foz do Iguaçu, aparecendo como presidente de honra do evento. O cartunista também foi responsável pela criação do cartaz do festival, o que lhe rendeu R$ 75 mil - previstos no edital, mediante a cessão perpétua do desenho. Em 2004, representado por uma das organizadoras do evento, Arlete Andrion Bonato, o cartunista registrou o desenho em seu nome no Instituto Nacional da Propriedade Intelectual (Inpi). Em sua ação, o Ministério Público Federal denunciava o registro junto ao Inpi, pois ele caracterizaria a intenção de Ziraldo de utilizar a marca comercialmente.

2 comentários:

  1. gerente bartolomeu simbra26 de novembro de 2011 00:40

    É mais uma prova para todo mundo ver o quanto existem promotores de justiça e juízes que adoram aparecer na mídia.Caramba condenar um Ziraldo é o máximo para uma carreira de um juiz e um promotor de justiça. Mas a mídia não deveria divulgar os nomes dessas "autoridades" pois, prestaram um grande desserviço a nação. O Ziraldo é um grande homem. Ele tem seu nome ligado á história do Brasil.

    ResponderExcluir
  2. Concordo com o Gerente.!!!!!!Numero, genero e grau. Um juiz se acha um DEUS. Um Desembargador tem a certeza. Isto se aprende em Direito. Rsrsrs

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.