quarta-feira, 20 de junho de 2012

O JUIZ ELEITORAL DA COMARCA DE SÃO JOÃO DA BARRA DIZ QUE PRESIDENTE DA CÂMARA DESCONHECE O ESTADO DEMOCRÁTICO DE DIREITO

o descumprimento de mais uma ordem judicial deve sofrer sérias penalidades. Gersinho e a Mesa diretora da Câmara não cumpriram a decisão de uma ação civil pública movida pelo Ministério Público – processo número 0001415-44.2006.8.19.0053 – e acatada pelo Judiciário que obrigava a realização de concurso público e proibia nomeações para alguns cargos específicos. Além disso, a decisão proibia a realização de nomeações para quaisquer outros cargos. "A Câmara municipal de São João da Barra todos nós já sabemos, para se tornar um circo só falta a lona!"




fonte/portalozk
 

Nenhum comentário:

Postar um comentário

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.