quinta-feira, 6 de outubro de 2011

Populismo de Maia e Garotinho mira Paes

DIVULGAÇÃO


Quem te viu e quem te vê. Inimigos ferrenhos por mais de uma década, que trocaram farpas e agressões públicas, o ex-prefeito do Rio de Janeiro César Maia (DEM) e o deputado federal Antony Garotinho (PR) se uniram para tentar derrotar o prefeito do Rio, Eduardo Paes (PMDB), na tentativa de reeleição no ano que vem.
 O candidato a prefeito será o filho de César Maia o deputado Rodrigo Maia (DEM), e a vice, a filha de Garotinho a deputada estadual Clarissa Garotinho (PR). "O cabeça vai ser o Rodrigo Maia, e a Clarissa é a vice", confirma Garotinho.
A aliança vai se repetir em outros municípios. O DEM terá o candidato a prefeito em Nova Iguaçu, Maricá e Itaperuna, e o PR em Volta Redonda, São Gonçalo, Duque de Caxias e Campos, onde a mulher de Garotinho, Rosinha, tentará a reeleição.
Em comum, Maia e Garotinho tinham a oposição ao governador do Rio, Sérgio Cabral (PMDB), ao ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva e o rompimento com Leonel Brizola (PDT). Além é claro, de denúncias de corrupção nas costas.
  Garotinho e César se enfrentam em 1998 nas eleições para o governo do Rio, com vitória do primeiro. Desde então, os dois trocam ofensas publicamente. Em 2006, o ex-prefeito associou Garotinho com “corrupção”, “desvios de conduta”, “o que há de pior no Rio de Janeiro e no Brasil”. "”Nós temos práticas políticas, idéias políticas que são antagônicas ao do Garotinho, comportamentais, inclusive, portanto, onde o Garotinho está nós não estaremos”, disse Maia há 5 anos.
Garotinho já insinuou enriquecimento ilícito de Cesar. “Cesar Maia é figura conhecida por suas estripulias. Ele é acostumado a inventar notícias em blog, a criar factóides, mentiras, ofender pessoas. Em termos de ética, não reconheço autoridade [nele] para falar a meu respeito. Tenho 25 anos de vida pública. Meu patrimônio é exatamente o mesmo de quando comecei”, disse em 2006.
 fonte/247noticias


Um comentário:

  1. gerente bartolomeu simbra7 de outubro de 2011 01:21

    Pô, eu acredito no Cesar Maia e também acredito no garotinho. Logo, não votarei nos filhos deles, pois filho de peixe, peixinho é. Já que os pais são ladrões, (dito por ambos) são duas pessoas que os cariocas devem também confiar, é uma deduçao lógica né? seu joão

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.