quinta-feira, 10 de novembro de 2011

Ídolo tricolor nos anos 90, Ézio falece de câncer no Rio, aos 45 anos

 Ezio, ex-jogador do Fluminense (Foto: Divulgação)
O Fluminense está de luto. Faleceu na noite desta quarta-feira o ex-atacante Ézio Leal Moraes Filho, o Super Ézio, ídolo tricolor na década de 90 e nono maior artilheiro da história do clube, com 118 gols em 238 jogos. Ele estava internado em um hospital de Jacarepaguá, Zona Oeste do Rio de Janeiro, por causa de um câncer no pâncreas. A pedido da família, o velório será realizado nesta quinta-feira no Salão Nobre das Laranjeiras, de 9h às 15h.
Jogador do Fluminense entre 1991 e 1995, e também com passagens por outros clubes como Atlético-MG, Bangu, Olaria e Americano, Ézio descobriu a doença em outubro de 2010. Mas só a tornou pública no início do último mês de setembro quando, apesar dos diversos tratamentos, o câncer avançou e se tornou incontrolável.
G1

Um comentário:

  1. geraldo Lopes Raphael11 de novembro de 2011 00:40

    A primeira vez que o vi jogar, foi na preliminar de Americano e Bangú no parque tamandaré, ainda juvenil, na ponta esquerda. Mais tarde, subiu ao time de profissionais e foi reserva do Ado. Pouco tempo depois jogou no Americano, fazendo dupla de ataque com o gaucho Marcelo Lima. Daí em diante, Portuguesa de Desportos e o grande Fluminense. Foi meu ídolo e continuará ser, pois toda vez que o quer ver, o vejo fazendo muitos gols em vídeos. Descanse em paz super-Ézio!!! e obrigado por tantas alegrias.

    ResponderExcluir

ESTE BLOG TEM O DIREITO DE RECUSAR COMENTÁRIOS OFENSIVOS.